sábado, 19 de novembro de 2016

Gráficos inúteis ou bregas do Excel (parte 2)

Pra continuar a lista de perigos do Excel, vou usar um simples gráfico de linhas que saiu hoje na Folha e que ilustra a notícia: "Patrimônio de mulher de Cabral cresceu durante sua gestão":



Dei meu "curti" para o gráfico (não para o feito da família Cabral, óbvio!) porque trouxe a informação precisa e de maneira eficiente pra mim. Mas, e se nosso redator quizesse tentar algo mais "criativo" com o menu de gráficos do Excel, será que se daria bem? Vejamos alguns "mirabolismos" que ele poderia criar.

Gráfico de Pizza:



Tome cuidado ao usar os gráficos de Pizza pra não fazer coisas do outro mundo. Veja os dado do Cabral em Rosca:



Gráfico de Dispersão:



São usados para ver relações entre variáveis numéricas ou para posicionar tens, não use para dados ao longo do tempo senão...

É Pau no Gráfico!



Gráfico de Radar:



Tome muito cuidado ao usar esse gráfico. Eu diria pra você fazer só use se seu chefe pedir... Veja o que pode acontecer:



Então vamos combinar, cuidado ao usar o Excel pra fazer seus gráficos. Como já dizia um ditado, acho que chinês,"O certo é o simples e o simples é o certo".

Mais uma dica, veja outro exemplo de "criatividade excessiva" no nosso post: "Um caso para gráficos com dois eixos".

Até
Roberto

Nenhum comentário:

Postar um comentário