quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Gráficos inúteis ou bregas do Excel (parte 1)

Todo mundo usa o Excel, mas não é por isso que quaisquer dos seus gráficos estão liberados para uso. Dos mais populares (barras, pizza, linhas, áreas e dispersão), a metade considero adequada, a outra é inútil, ou até mesmo brega. Veja a classificação por tipo de gráfico:

Gráfico de Barras (equivalente ao de coluna):



As três primeiras opções, "Colunas Agrupadas", "Empilhadas" e "100% Empilhadas" são muito úteis e você pode ver como usá-las no nosso post de gráficos com a tabela dinâmica.

Eu não recomendo as opções na forma 3D porque, além de distorcer a informação, eu diria que hoje é uma coisa brega. Você por acaso vê o Google ou o Facebook usando em seus relatórios atuais? Os gráficos 3D fizeram sucesso na década de 90 do século passado. E não pense em usar a última opção 3D, parece uma cidade em Lego.

Gráfico de Linhas:



Para uso diário escolha o simples "Linha", com ou sem marcadores. Não use o "Linha Empilhada", esse nem deveria existir no Excel porque ele empilha as linhas umas sobre as outras. Isso só confunde as pessoas e prejudica a análise. O "Linha 100% Empilhada" só serve para fazer indicadores de %Y categóricos binomiais (tipo comprou, não comprou). Mas isso é um uso particular. Os dois de linhas empilhadas devem ser substituídos pelo de área, veja mais adiante. Ah, de jeito nenhum use o de linha 3D, faça-me o favor!

Gráfico de Área:



São ótimos gráficos para mostrar perfil de uma variável categórica Y versus outra variável X que pode ser numérica, categórica ou mesmo o calendário. Veja esse exemplo em que vemos o perfil de estado civil por idade de mães de crianças nascidas em 2014 em SP:



Mas cuidado, a primeira opção, ou simplesmente "Área", não deve ser usada nunca. Ela esconde as categorias umas atrás das outras, e isso não tem literalmente nada a ver. Use o "Área Empilhada" e o "Área 100% Empilhada" para substituir o de "Linha Empilhada" sem medo. E você já sabe, não arranhe sua reputação com as opções em 3D.

No próximo post vou comentar sobre os gráficos de Pizza e os de Dispersão do Excel. Quais seriam os perigos que os cercam?

Até
Roberto

2 comentários: