segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Titanic num só gráfico

Sempre me incomodou fazer dois gráficos para representar frequências de uma tabela em gráficos de barras. Ora mostro a comparação de valores totais, ora mostro percentuais. Por exemplo, vejam o total de pessoas no Titanic que sobreviveram (e morreram) por sexo e local:

Ok, mas se quisermos realmente comparar o percentual de sobreviventes, temos de elevar as barras para 100% como no gráfico abaixo:

Muito bem... e aí? Aí que na última edição da revista Statistical
Computing & Statistical
Graphics da American Statistical
Association, os autores Andrew Gelman and Antony Unwin mostram uma solução super simples pegando carona nos gráficos de área. Vejam e façam suas próprias análises!

Achei genial como as coisas simples são, e vocês?
Até
Roberto

7 comentários:

  1. Gostei muito do gráfico da revista. Uso este formato para demonstrar participações de mercado por segmento. Show!

    ResponderExcluir
  2. Também gostei no gráfico. Parece um histograma "bi-dimensional". Como conceito ficou muito bom. O mau uso das cores e fontes nos eixos não ajudou. Entretanto o conceito tem várias aplicações interessantes.

    ResponderExcluir
  3. Carlos (o primeiro), bom saber que você usa esse gráfico, Você poderia nos dar a dica do software que usa para fazê-los? Obrigado!

    Carlos Lobo, concordo que as cores não ajudaram, 10 pra idéia e pau na visualização! Hehe...

    ResponderExcluir
  4. Acompanho o blog do Gelman e concordo com quase tudo que ele fala e faz (tenho todos os livros dele). Mas gráfico de área? Não tem aquela história de que o olho humano compara mal, áreas? Ok,não é um gráfico de pizza (que além de área, tem ângulos), mas mesmo assim. O que o segundo gráfico não tem que o último (do Gelman) tem?

    ResponderExcluir
  5. Manoel, obrigado pelo comentário. No segundo gráfico a largura das barras nada representam, enquanto que no último, do Gelman), a largura representa a quantidade de pessoas. Assim, esse último gráfico tem em conjuto a informação do primeiro e do segundo.
    Abraço, e continue conosco!

    ResponderExcluir
  6. Roberto,
    Acabei de ver um exemplo de gráfico de áreas que achei ótimo. Também usou cores com bastante contraste. Quem fez foi a Nielsen:
    http://blog.nielsen.com/nielsenwire/online_mobile/who-is-winning-the-u-s-smartphone-battle/
    Abraço

    ResponderExcluir