quinta-feira, 10 de março de 2011

Enquete: Barras ou Dispersão?

Caro leitor, gostaria de saber sua opinião sobre a facilidade de compreender a informação abaixo. Escolha, por favor, o gráfico que melhor descreve o posicionamento da bolsa de São Paulo (Bovespa) em termos de número de aberturas e volume de captação, em relação a outras bolsas do mundo.

Gráfico 1:

Este é o gráfico escolhido pela Folha em 05/03/11 (B1) para ilustrar a matéria "Pequena empresa não chega a bolsa"

Gráfico 2:

Este gráfico foi feito a partir dos dados do gráfico 1, porém utilizando o conceito de gráfico de dispersão, ou o popular X-Y.

Agradeço se deixar sua resposta como comentário, na semana que vem a gente conversa mais a respeito.
Até
Roberto

8 comentários:

  1. Pra mim é claro que o segundo grafico mostra mais claramente a informação. Fica evidente a posição da BOVESPA frente as outras bolsas no mundo. Agora, duvido que um jornal publicaria um gráfico assim, não?

    ResponderExcluir
  2. Roberto
    Acho que também vale destacar que o gráfico trabalha apenas com médias. Assim, o título da matéria ou gráfico pode estar equivocado, pois em 8 operações, 1 ou 2 delas podem distorcer totalmente a média e, assim, provocar erros graves de interpretação. Por exemplo, dentro das 8 operações, pode-se muito bem ter 2 ou 3 bem pequenas.
    Assim, para mim, ao invés de trabalhar com as médias no gráfico de dispersão, eu faria um gráfico com as operações individuais e usaria cores diferentes nos pontos representado os países. Isso traria também a informação de dispersão dentro de cada país e ajudaria a corroborar, ou não, a manchete em questão.
    Um abraço.
    Formigari

    ResponderExcluir
  3. Sem dúvida o primeiro gráfico é bem mais confuso e não é possível dizer qual bolsa está a frente e qual está pior.
    O segundo gráfico é bem mais informativo, apesar de ser menos ilustrativo que o primeiro. Ele mostra bem mais claramente a relação número de aberturas de capital vs. montante captado.
    Abraço,
    Frederico Vecchi

    ResponderExcluir
  4. Caros amigos,

    Acho que não temos dúvidas que o gráfico de barras é árido, duro de ler, e que o XY dá, em uma única visão, uma relação mais clara entre os dados que estão sendo comparadas.

    Além da famosa questão da média, que o Formigari levantou, acho que ambos os gráficos pecam ao não dar uma medida da importância de cada indicador para cada bolsa, tal como captação / volume de negócios, ou número de abertura / número de empresas, ou mesmo o volume de negócios de cada bolsa de valores.

    Tem um exemplo muito legal de gráfico XY no "The Joy of the Stats", onde a "importância" de cada ponto é o tamanho do ponto: http://www.open.ac.uk/openlearn/science-maths-technology/mathematics-and-statistics/statistics/the-joy-stats-200-countries-200-years-4-minutes

    PS: Claro que o Roberto podia ter caprichado mais no layout do segundo gráfico, mas fazer bolinhas coloridas ia ser o fim do mundo para ele ...

    Um abraço e bom final de semana a todos.
    André Bidá

    ResponderExcluir
  5. É verdade André, esqueci que o Roberto é daltônico.
    abs.
    Formigari

    ResponderExcluir
  6. É unanimidade que o segundo gráfico é mais claro! O primeiro não tem nem uma ordem lógica de ordenação, nem aberturas, nem captação, nem alfabética...
    Mesmo que as bolinhas não fossem coloridas, poderia ter agregado as bandeiras ao rótulo dos pontos.
    A animação gráfica que o André citou é realmente fantástica, mas estamos falando de um recurso muito mais avançado. Considerando apenas a imagem de um determinado ano (como no caso ilustrado pelo Roberto, foi possível agregar muito mais informação em apenas um gráfico.

    Um abraço,

    Roberto Nanni

    ResponderExcluir
  7. Valeu pessoal pelos ótimos comentários! Todos vindos de "bambas" no assunto, claro. Gostaria de aprofundar com esse post é o seguinte fenômeno: pessoas não acostumadas a interpretar gráficos, ou que tiveram algum "trauma" com eles, ficam com o primeiro gráfico sem dúvida. Observo isso nas minhas aulas, só depois de fazer um gráfico de dispersão "não mão", partindo da tabela de dados, é que as pessoas enxergam a vantagem do 2o gráfico. E vejam vocês que o gráfico de dispersão está disponível e fácil de usar no Excel! Imaginem um histograma, que não tem disponível no Excel, precisa ser ensinado com muita cautela e com muitos exemplos comprovando que a turma entendeu corretamente.
    É isso aí, muito obrigado!

    PS para o Bidá: vou te mandar um saco de confetti pra você ver bolinhas coloridas, ok?

    Até
    Roberto

    ResponderExcluir
  8. olá brothers...
    muito simples os grafos, mas precisa estar habituado c as bolsas.
    (tradução)
    marron- quantid. negócios
    laranja- volume financeiro
    quando o marrom for maior é pque o preço das ações negociadas são baratinn..
    ex
    vale5 - custa $48,00 cada 100, então tem bastante volume $$$ e menos negócios, qndo vc ver as cores invertidas, vai saber q naquele país as açoes ex. cada 100 custa =$1,00.

    ResponderExcluir