terça-feira, 23 de novembro de 2010

Quem nunca levou uma nota vermelha no boletim?

Quem é do tempo do boletim, que vinha com as notas ou conceitos escritos a mão pela professora, sabe que levar nota vermelha era sinônimo de problema. Bom mesmo era ter no boletim só notas azuis.

Numa escala, em verde, amarelo e vermelho, como num semáforo, o verde é o "tudo bem, pode seguir", o amarelo "preste atenção" e o vermelho "pare".

Na folha de São Paulo do último domingo, encontrei dois gráficos (páginas a6 e b2) que me chamaram atenção pela escala de cores utilizadas.

O primeiro fez uma escolha de cores acertada e ainda leva ponto positivo pela escolha do tipo de gráfico. Um de barras e um mapa. Ótimos!



Já o segundo começou pelo laranja na categoira "Excelente", depois vermelho para o "Boa", passando pelo azul, cinza e por fim o verde para a categoria "Não sabe". Ficou no mínimo estranho.




Uma possibilidade, usando as mesmas cores, seria:



Quanto ao tipo de gráfico utilizado, este aí parece estar na última moda. Uma versão repaginada do bom e velho gráfico de setores.

:Dani

2 comentários:

  1. Eu levei vermelho em educação artística.
    Nunca fui muito bom com cores.
    Agora vou escolher melhor.
    Valeu pela dica.
    [ ]s

    ResponderExcluir
  2. Acho muito interessante essa seção dp blog, desde o título e principalmente o conteúdo, que além de comentar mostra sugestões da melhor apresentação.
    Um abraço,

    ResponderExcluir