terça-feira, 15 de junho de 2010

Argentina mede 2/3 da Alemanha!!!

FSP, 06/06/2010, Copa 2010



Na Folha de 06/06/2010 aparece esse gráfico tentando driblar a inteligência da gente. Pelo título, o autor tenta nos passar que as seleções cresceram desde a copa passada. Não é verdade. E pela escala das barras, ele nos induz a acreditar que nossos 'hermanos" são tão baixinhos quanto Maradona. Por isso, gente, lá vai...PAU NO GRÁFICO!

Veja o gráfico com as barras no tamanho correto:



Se quisermos focar o leitor nas diferenças de altura, o mais adequado é adotar um gráfico de linhas, e não de barras. Por exemplo:





Nosso amigo da redação perdeu a oportunidade de, com os mesmos dados, comentar a relação entre altura de uma copa para outra. Quanto mais alta a seleção em 2006, mais alta ela é em 2010, veja só:



Se bem que tem uma coisa bem interessante prá gente aproveitar, note que embaixo de cada nome de seleção, há seu respectivo distintivo. E, claro, ajudou o leitor a localizar facilmente quem é quem no eixo, leva aqui um ponto positivo.

Resultado: pau no gráfico!
Até...
Roberto

4 comentários:

  1. Achei os gráficos interessantes. Acredito que vou aprender fazer gráficos daqui para frente.

    ResponderExcluir
  2. Na minha opnião a afirmação "Quanto mais alta a seleção em 2006, mais alta ela é em 2010" está tecnicamente correta, mas não agrega muita informação. Esse "fenômeno" está ligado ao tipo físico de cada país. Alemães são altos por natureza. Pra seleção da argentina "crescer" só se encontrarem uns alemães a fim de trocar o chucrute e chopp pelo tango e se naturalizarem argentinos...

    ResponderExcluir
  3. O último gráfico me surpreendeu ao mostrar que a estatura dos brasileiros está equiparada às dos alemães, holandeses e ingleses. A FSP frangou essa...

    ResponderExcluir
  4. Dani, adorei a sugestão de trazer os alemães. Concordo que o último gráfico não agrega muita informação útil, mesmo porque altura do time não deve estar relacionada com resultados no futebol. è mais uma forma de visualizar os dados, então. Mas Futebol é isso, mesmo dados inúteis são diversão...

    ResponderExcluir